23 março 2015

1 ° Dia em curitiba

Escrito em [18/03/2015]


Bem o dia começou chuvoso e um pouco de frio.
Vim para curitiba. Com o frio na barriga dizendo e agora o que vou fazer.?
Não tenho local certo para dormir essa noite, pensei em trazer uma mala grande para deixar no guarda volumes, mas fui alertado dizendo que o valor era alto, então não trouxe. Apenas vim com um guarda chuvas e uma mochila.

Na mochila os essenciais para ficar quarta quinta e sexta. Pois tudo se resolverá depois desses dias. Cheguei aqui exatamente as 09:00 am. Fui direto para URBS(agencia de ônibus) fazer o meu cartão de ônibus, porque vou precisar para levar ao serviço. Tudo foi muito rápido e fui muito bem atendido. Nunca imaginei que seria, já que não ouço bons comentários em relação ao humor do povo curitibano. Mas fui e isso que importante.

Aproveitei e vi o valor do guarda volumes e sim novamente deveria ter acreditado em na minha intuição. Porque nada mais nada menos custa entre R$ 6,00 e R$ 14,00 reais  arredondados por 24 horas, ou seja, teria sido uma ótima opção ter trazido a mala de vez. Agora eu terei que voltar para Cajati  pega-lá novamente.
Agora o que estou fazendo ? Estou a espera do meu amigo Yago, ele vai ir comigo ver as opções de Apartamentos.

Bem depois de umas 5 horas eu retorno a escrever.

O Yago me acompanhou nessa jornada. Fomos ver um local para eu ficar, porém ao chegar lá vi que não era o que eu queria, mesmo sem muita opção. Mais sabia que aquele local não era para mim. Muito suspeito, com cheiro de cigarro e muito suspeito novamente. O valor para um apartamento com mais 4 quartos, sendo que nesses quartos habitavam mais 3 pessoas, estava custando R$ 680. Depois disso sai de lá abismado, porque o apartamento remetia muito cenas de mortes e bandidagem de filmes que ocorrem em apartamentos velhos(não encontrei imagens que mostrassem o meu sentimento. Mas imagine aqueles apartamentos, onde ocorreram o filme da Bruna surfistinha, porém com pouca luminosidade).
Depois fomos ao banco abrir uma conta salario que demorou décadas rsrs,  sim havia 2 pessoas na minha frente. O pior de tudo isso, foi que como não havíamos encontrado vaga para, o Yago estacionar, tivemos que deixar em um estacionamento particular, ou seja, demoramos tanto no banco que o total deu R$ 27,00 reais (o.o)” , foi a minha expressão ao pagar o valor.

Apos todo esse processo, fomos a um pensionato chamado Shalom, que a Paolla já havia comentado. Chegamos lá ligamos, gritamos e tocamos a campainha, mas ninguém nos atendeu. Novamente deixamos o carro em outro estacionamento, porem esse era muito mais barato.  Fomos almoçar em um  restaurante que eu gostei muito, pretendo falar mais sobre dele por aqui.Fomos novamente para o pensionato e por tanta felicidade o cara não estava lá. Então decidimos voltar para  o carro. Pagamos o estacionamento em 6 reais e saímos. Quando estávamos na porta, avistei o responsável abrindo a porta. Eai foi igual cena de filme. Corri entre as ruas, desviei de carros e consegui falar com o homem. Enquanto isso o Yago ficou por lá. Vi o local e o responsável, me mostrou e e falou tudo o a respeito do quarto. Gostei,  mesmo sendo pequeno. A intenção de um quarto é apenas para dormir mesmo.

Sai de lá, Yago (#SantoYago),me levou onde eu tinha que fazer o exame admissional.Pausa dramática: Quero agradecer o meu amigo, que me ajudou muito muito muito mesmo.

Fiz o exame e para ajudar minha bateria estava acabando, descobri que eu tenho uma perda baixa de audição nos dois ouvidos. Pelo seguinte motivo. Muito barulho, ruídos, fone de ouvido e entre outros motivos que me permitiram adquirir essa perda. Nada muito relevante , como a Angélia (doutora que me atendeu), muito gentil e me explicou tudo o que perguntei. Fiz os exames e fiquei preenchendo umas fichas que tinha que levar no serviço enquanto isso aproveitei para recarregar o celular.

Fui ao meu serviço, levei tudo e passei no banco retirei o dinheiro para pagar o pensionado. Voltei novamente, ao pensionato, porém o responsável não estava lá, fiquei meio puto e ao mesmo tempo com medo.Porque a minha intenção era ficar ali já que não " teria" um outro local para eu passar essa noite.
Nesse.momento me restavam apenas 9% de bateria.
Como eu já havia conversado com a minha prima durante o dia. Resolvi ir para lá, já que as opções estavam escassas.

Ela mora no bairro fazendinha. Então eu deveria ir ate a praça Rui Barbosa e tomar um ônibus para lá. O problema maior foi que. Minha bateria, estava acabando e não teria como ei avisa-lá que horas eu iria chegar. Somente o horário que sai. E foi isso que fiz. graças a Deus ela estava lá a minha espera \o/.

A finalização da noite foi que nós conversarmos muito, demos muitas risadas e e fomos. Já que eu teria que acordar as 5:45.Por ontem foi isso.  Espero agora, que a cada dia, tenha uma nova jornada, uma nova aventura, mesmo que ainda hajam algumas dúvidas em relação aos ônibus, porque eu estou muito perdido com isso.
Tenho que agradecer muito aos meus pais que se preocuparam tanto principalmente a minha mãe. Obrigado mesmo eu amo vocês. E a  minha Gagau que ficou 24 horas no apoio telefonistico. Rsrs

Nesse momento estou em um ônibus vindo para o centro para eu começar a trabalhar.Estou com uma calca jeans, blusa polo azul, tênis vermelho com duas meias, porque o tênis esta apertando os meus dedos que sempre apertam em cima. Acho que eles são tortos. Rsrs
 
Estou indo para o dia de integração.
Beijos para quem ficar.
Good luck !

Postar um comentário

Obrigado por comentar no blog, volte sempre :).

Whatsapp Button works on Mobile Device only

Digite o que deseja e precione enter para pesquisar ! ♥